PATROCINADORES

Polícia Federal investiga pagamento de propina a Romero Jucá

A Polícia Federal cumpre nesta quinta-feira (8) nove mandados de busca e apreensão como parte de uma investigação que apura a suspeita de pagamento de propina no valor de R$ 4 milhões ao senador Romero Jucá (MDB-RR) pela Odebrecht. O político, que não é alvo direto da ação da PF, teria recebido o dinheiro para viabilizar a edição de uma resolução do Senado em 2012 que favoreceu a empreiteira.

Por que é importante

Romero Jucá já integrou os governos de FHC, Lula, Dilma e Temer e não conseguiu renovar seu mandato no Senado na eleição deste ano

Quem ganha

A PF. A ação de hoje foi autorizada pelo STF

Quem perde

Jucá, que deverá perder o foro privilegiado a partir de 2019

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − onze =

Pergunte para a

Mônica.