Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

PF apura desvio milionário no Ministério do Trabalho

PF apura desvio milionário no Ministério do Trabalho

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (13) a quinta fase da Operação Registro Espúrio. A ação apura um suposto esquema de desvio de recursos no Ministério do Trabalho. Segundo a PF, as investigações apontaram que a organização criminosa desviou cerca de R$ 13 milhões da Conta Especial Emprego e Salário (CEES), um fundo abastecido com dinheiro da contribuição sindical e administrado pela pasta. Parte dos valores descontados dos trabalhadores era apropriada pelos integrantes do esquema. Para viabilizar os repasses, o grupo registrava confederações de sindicatos de um estado em outro.

Por que é importante
A Registro Espúrio investiga uma suposta organização criminosa integrada por políticos e servidores que teria cometido fraudes na concessão de registros de sindicatos. Nas fases anteriores, já foram alvos deputados federais ligados ao PTB e Solidariedade, além do ex-ministro do Trabalho Helton Yomura
Quem ganha
A atuação da PF no combate à corrupção
Quem perde
Os investigados, que irão responder pelos crimes de peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, falsificação de documento público e lavagem de dinheiro

Envie seu comentário

treze + quinze =