Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Pandemia chega ao ápice enquanto cai o isolamento

Pandemia chega ao ápice enquanto cai o isolamento

As mortes por covid-19 só aumentam, enquanto a taxa de isolamento no Brasil entra em redução com a reabertura do comércio e a volta de algumas atividades. Na segunda-feira (29) foram registradas 727 mortes em 24 horas, mostra levantamento feito pelo pelo consórcio de imprensa junto às secretarias estaduais de saúde. Já na contabilidade diária do Ministério da Saúde, ocorreram 692 novos óbitos.

São 25.234 novos infectados, atingindo 1.370.488 casos confirmados, de acordo com o consórcio, que contabiliza também as mortes ocorridas em dias anteriores. A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou que uma a cada quatro mortes por covid-19 no mundo ocorre no Brasil, assim como um em cada quatro casos. De acordo com o monitoramento da faculdade de medicina americana Johns Hopkins, o Brasil responde por 11% das mortes globais causadas pela pandemia. Há 11 milhões de infectados e 500 mil mortos no planeta.

Uma pesquisa do Datafolha divulgada nesta terça-feira (30) aponta que, ao mesmo tempo que diminuiu a parcela dos que praticam isolamento social, aumenta o temor pela doença. A parcela que diz ter “muito medo do vírus” chegou a 47% em junho, o maior índice. Em março, era de 36%. Apesar do receio crescente, a proporção dos que saem de casa só quando inevitável caiu para 12%, sendo de 21% em abril.

Entre os entrevistados com renda familiar de até dois salários mínimos, 14% afirmam adotar o isolamento total. Essa proporção cai conforme a renda aumenta, e chega a 8% entre os que possuem renda mensal acima de 10 salários.

Envie seu comentário

5 + 14 =