PATROCINADORES

Palocci vai para prisão domiciliar

A maioria do TRF-4 decidiu nesta quarta-feira (28) colocar o ex-ministro Antonio Palocci em prisão domiciliar. A pena dele também foi reduzida de 12 anos, 2 meses e 20 dias para 9 anos e 10 meses. Palocci recebeu o benefício por conta de um acordo de delação premiada assinado em abril deste ano.

Por que é importante

Preso desde setembro de 2016, Antonio Palocci foi ministro nos governos petistas de Lula e Dilma

Quem ganha

Palocci, que vai poder cumprir o resto da pena em casa

Quem perde

Lula e Dilma, implicados na delação do antigo companheiro de partido

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 4 =

Pergunte para a

Mônica.