Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

MPF entra com ação de improbidade contra Dilma

MPF entra com ação de improbidade contra Dilma

O Ministério Público Federal (MPF) entrou nesta quinta-feira (6) com uma ação de improbidade administrativa contra a ex-presidente Dilma Rousseff, pelo famoso caso das pedaladas fiscais, que acabaram levando ao seu impeachment. Guido Mantega, Aldemir Bendine, Arno Augustin e Luciano Coutinho também foram denunciados pela promotoria. O MPF pede a perda da função pública, a suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos e o pagamento de multas por parte dos acusados.

Por que é importante
Além de Dilma, a promotoria coloca outros idealizadores das pedaladas na sua mira
Quem ganha
A acusação reforça a legitimidade do impeachment, até hoje descrito como "golpe" pelo PT
Quem perde
Em caso de condenação, Dilma vai perder seus direitos políticos, mantidos mesmo após o impeachment

Envie seu comentário