Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Moro quer usar modelo da Lava Jato no combate ao crime organizado

Moro quer usar modelo da Lava Jato no combate ao crime organizado

Na primeira entrevista após ser confirmado como superministro da Justiça no governo de Jair Bolsonaro (PSL), o juiz federal Sérgio Moro disse nesta terça-feira (6) que usará o mesmo modelo da Lava Jato para combater o crime organizado. Moro explicou que aceitou o convite para integrar o governo levado pela sensação de que a operação poderia acabar em breve e com o risco do padrão de impunidade ser retomado. O magistrado afastou a ideia de que sua ida para o ministério esteja ligada com a condução dos processos relacionados ao ex-presidente Lula e descartou qualquer possibilidade de usar o cargo para fazer perseguições políticas. O juiz federal voltou a afirmar que não se vê como político e que, na sua avaliação, o cargo é técnico. Moro declarou que sua nova função “não é um projeto de poder, mas de tentar fazer a coisa certa”. Ele negou também ter exigido uma vaga no STF no futuro como condição para assumir o cargo.

Por que é importante
O juiz federal Sérgio Moro, que ganhou destaque por sua atuação à frente da Operação Lava Jato, foi confirmado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro para comandar a partir de 2019 o Ministério da Justiça e Segurança Pública
Quem ganha
Bolsonaro, que contará na equipe ministerial com um nome de grande apoio popular
Quem perde
A Lava Jato, já que Moro deixará a operação para assumir o cargo

Envie seu comentário