Document
PATROCINADORES

Moro competitivo na terceira via reforça desafio de romper polarização

A coluna Radar, no site da revista Veja, repercute nesta terça-feira (6) uma nova rodada da pesquisa Ipsos, encomendada pelo DEM, sobre a eleição presidencial de 2022. A sondagem consolida a polarização entre o ex-presidente Lula e o presidente Jair Bolsonaro no primeiro turno (com 48% e 22% respectivamente), sendo que o petista venceria o atual mandatário em uma eventual segunda etapa do pleito (por 58% a 25% dos votos). Outro destaque do levantamento é que o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro, com 5%, aparece como o nome melhor colocado entre as opções da chamada terceira via. Em seguida, conforme a consulta, estão Ciro Gomes (PDT, com 4%), João Doria (PSDB, com 2%), Guilherme Boulos (PSOL, com 1%), Luiz Henrique Mandetta (DEM, com 1%), Luiza Trajano (1%) e João Amoedo (NOVO, com 1%).

Por que é importante

Além da guerra de egos entre os postulantes para chegar a um candidato de consenso, a terceira via vai precisar de votos para criar uma alternativa ao 'bolsopetismo'

Quem ganha

Lula e Bolsonaro, que dominam os cenários em todas as pesquisas

Quem perde

Os eleitores insatisfeitos com o atual governo e críticos das gestões petistas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.