Document
PATROCINADORES

Lira não vê ‘circunstância’ para impeachment e diz que CPI ‘não trará efeito algum’

Em entrevista ao jornal O Globo, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), sinalizou que o avanço da CPI da Pandemia no Senado, que apura as falhas e supostas omissões do governo federal no enfrentamento à crise sanitária, não deve mudar a posição dele de não instaurar um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Lira chamou a comissão de erro, considerou a marca de 500 mil mortos pelo novo coronavírus como expressiva, mas apontou que seriam necessários outros fatores para tocar o procedimento que abriria caminho para o afastamento de Bolsonaro do cargo. “A CPI polarizou politicamente e não vai trazer efeito algum, a não ser que pegue alguma coisa”, afirmou. “Falta circunstância (para o impeachment). Falta um conjunto de coisas. Enquanto a economia tiver em crescimento… Veja bem, não estou faltando com respeito a nenhuma vítima. 499 mil, 501 mil, são todas significativas como uma vida. Pelo amor de Deus! O que estou dizendo é que o impeachment não é feito só disso”, declarou.

Por que é importante

A blindagem de Arthur Lira tem como base o aumento da influência do Centrão no primeiro escalão do governo e a prioridade na liberação de emendas parlamentares

Quem ganha

O presidente Bolsonaro, com a proteção contra um processo de impeachment

Quem perde

Parte da oposição e setores da sociedade que querem ver Bolsonaro investigado pelos atos na pandemia

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.