Document
PATROCINADORES

Lira diz que MP sobre energia elétrica não tratará de racionamento

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), relatou ter conversado com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que esclareceu que a medida provisória que está sendo elaborada sobre o uso de energia elétrica durante a crise hídrica não conterá nenhum comando relativo ao racionamento. “Será feito o incentivo ao uso eficiente da energia pelos consumidores de maneira voluntária”, destacou Lira em suas redes sociais. Mais cedo, Lira esteve no Palácio do Planalto e afirmou que o governo tem feito uma análise do cenário hídrico no país. O parlamentar disse que teve a garantia do Executivo de que não haverá apagão, mas que o racionamento não havia sido descartado, em razão da escassez de chuva. “Temos que ter energia de base para suportar o crescimento que o Brasil vai ter”, declarou o presidente da Câmara.

Por que é importante

A possibilidade de um racionamento, mesmo para atenuar o risco de apagão, tende a afetar ainda mais a popularidade do presidente Jair Bolsonaro

Quem ganha

As termelétricas, que passarão a ser mais usadas durante o período crítico

Quem perde

As empresas e os consumidores em geral, que pagarão mais caro pela conta de luz

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.