PATROCINADORES

“Lava Jato pode ser inviabilizada”, diz Dallagnol

O procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Lava Jato, afirmou que a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do STF, de suspender a prisão de condenados em segunda instância, “coloca em risco a existência” da operação. “Pode inviabilizar a Lava Jato e afetar também as delações premiadas. Colarinho branco sem prisão em segunda instância é garantia de impunidade”, disse Dallagnol. Para o procurador, nesta situação, não haverá mais incentivos para que os investigados optem pela colaboração premiada.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × cinco =

Pergunte para a

Mônica.