Document
PATROCINADORES

“Hoje, fazer oposição é ir contra o Brasil”, diz Hartung

Para Paulo Hartung, governador do Espírito do Santo, “não é hora de fazer oposição” ao governo Bolsonaro. A afirmação foi feita durante evento nesta quinta-feira (22), em São Paulo, para uma plateia de investidores e executivos. “Estamos no limite. Hoje, fazer oposição é ir contra o Brasil”, disse. “Nos temas que são essenciais para o país, como Reforma da Previdência, é preciso união em torno de uma proposta clara.”

Na opinião de Hartung, que não se candidatou à reeleição, Bolsonaro tem “a faca e o queijo na mão” para aprovar as reformas econômicas que o país necessita. “Poucas vezes vimos um governo eleito com esse capital político, que aumentou após a indicação do Moro para o Ministério da Justiça”, analisou. “Mesmo com pouco capital, Temer quase fez a Reforma da Previdência.”

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.