Document
PATROCINADORES

Flávio Bolsonaro diz que investigação contra ele é “ilegal”

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) disse que a tentativa do Ministério Público do Rio de Janeiro de quebrar seus sigilos bancário e fiscal é uma manobra para atingir seu pai, o presidente Jair Bolsonaro (PSL). Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Flávio afirmou que a investigação contra ele é “ilegal” e que deveria ser arquivada.

“Eles querem requentar uma informação que conseguiram de forma ilegal, inconstitucional. Como viram a cagada que fizeram, agora querem requentar, dar um verniz de legalidade naquilo que já está contaminado e não tem mais jeito. Vejo que há grande intenção de alguns do Ministério Público de me sacanear”, declarou o senador.

Por que é importante

O Ministério Público do Rio de Janeiro apura uma movimentação financeira atípica de R$ 1,2 milhão na conta do motorista Fabrício Queiroz, que trabalhava no gabinete de Flávio Bolsonaro quando ele era deputado estadual

Quem ganha

O MP-RJ, se a Justiça autorizar a quebra dos sigilos

Quem perde

Flávio, alvo da investigação

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.