PATROCINADORES

Diretor do Instituto Ayrton Senna pode ser ministro da Educação

O educador Mozart Neves Ramos, diretor do Instituto Ayrton Senna, se reúne nesta quinta-feira (22) com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Existe a expectativa de que Mozart seja confirmado por Bolsonaro como novo ministro da Educação. A eventual indicação dele contraria a Frente Parlamentar Evangélica. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, os parlamentares apontam que o educador é contra o Escola Sem Partido, plataforma defendida pelos religiosos. Mozart chegou a ser sondado no ano passado pelo presidente Michel Temer (MDB) para assumir a pasta, mas rejeitou o convite.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − cinco =

Pergunte para a

Mônica.