Document
PATROCINADORES

CPI aprova nova convocação de Witzel para depoimento secreto

A CPI da Pandemia aprovou nesta quarta-feira (23) o requerimento para a realização de uma sessão secreta para ouvir o ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel. Em depoimento anterior, quando estava blindado por um habeas corpus, Witzel mencionou ter “fatos gravíssimos” para revelar sobre a intervenção do governo federal no estado durante as ações de enfrentamento à crise sanitária. O ex-governador, que foi destituído do cargo pelo suposto envolvimento em um esquema de corrupção, prometeu falar sobre contratos firmados entre o Ministério da Saúde e hospitais federais e quem seria o responsável pelo controle e pela indicação de cargos para as unidades médicas. A data do depoimento não foi definida.

Por que é importante

A tendência é que Wilson Witzel mais uma vez use o palco político para atacar o presidente Jair Bolsonaro e o senador Flávio Bolsonaro

Quem ganha

A ala formada por parlamentares independentes e da oposição, que representa a maioria na CPI e busca indícios contra o presidente

Quem perde

Os senadores governistas, que insistiram pela convocação dos governadores e só conseguiram a presença de Witzel. A ministra Rosa Weber, do STF, barrou o depoimento dos demais gestores

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.