PATROCINADORES

Ciro Gomes tinha razão sobre Leonardo Boff

O candidato derrotado na eleição presidencial Ciro Gomes (PDT) fez severas críticas contra Leonardo Boff em uma entrevista ao jornal Folha de S. Paulo durante o segundo turno. O pedetista chamou o teólogo, filósofo e escritor de bajulador de Lula e outras tantas coisas. Ciro foi duramente repreendido, principalmente por figuras da esquerda e do PT.

Um episódio registrado nesta sexta-feira (9) mostra que o político tinha razão. Boff, um dos mais ferrenhos defensores do petista preso, sugeriu no Twitter que os seus seguidores lessem a coluna do jornalista Nelson Motta publicada no jornal O Globo.

Foto Reprodução/Twitter

O texto ironiza a ideia fantasiosa de que o juiz Sérgio Moro teria sido treinado pela CIA para enfraquecer a Petrobras e forçar a venda da estatal brasileira a preço de banana.

Foto Reprodução/O Globo

O teólogo recomendou a leitura como se o jornal estivesse fazendo uma grave denúncia contra Moro. Mas tudo não passou de mais devaneio de Boff para limpar a responsabilidade de Lula nos casos de corrupção.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

  1. Boff não passa de um babaca mesmo. Nem pra igreja serviu. O pior é essa praga como professor. Deve encher a cabeça dos alunos com um monte de bobagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 1 =

Pergunte para a

Mônica.