Document
PATROCINADORES

Brasil não sediará conferência ambiental devido ao custo, diz Bolsonaro

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), explicou neste sábado (15), em postagem em sua conta no Twitter, que o Brasil não sediará a Conferência Climática Mundial da ONU (COP – 25) por questões financeiras. Segundo Bolsonaro, o evento custaria mais de R$ 500 milhões aos cofres públicos do país. No lugar do Brasil, o Chile foi o país escolhido para sediar o evento, que será realizado de 11 a 22 de novembro de 2019.

Por que é importante

Durante a campanha, Jair Bolsonaro ameaçou retirar o Brasil do Acordo de Paris, do qual participam 195 países e que tem por objetivo reduzir o aquecimento global

Quem ganha

Jair Bolsonaro, que reafirma sua postura diante de temas relacionados ao meio ambiente

Quem perde

Ambientalistas e ativistas ligados ao tema

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.