Document
PATROCINADORES

Bolsonaro soube usar as redes sociais, diz especialista

Eleito com mais de 55% dos votos válidos, Jair Bolsonaro (PSL) foi um dos candidatos com menos tempo de propaganda eleitoral na TV e rádio. No primeiro turno, ele tinha apenas 8 segundos em cada bloco diário de exibição na TV. Mas nas redes sociais, Bolsonaro liderou. Somando Facebook, Twitter e Instagram, o presidente eleito teve mais de 10,8 milhões de seguidores. O petista Fernando Haddad não chegou a 4 milhões.

Segundo Victor Trujillo, professor de marketing eleitoral da ESPM, o resultado confirma a tese de que a propaganda gratuita perdeu a importância que tinha. “Bolsonaro percebeu isso cedo e soube aproveitar como nenhum outro candidato a força das redes sociais”, diz. “Ele (Bolsonaro) se ausentou da TV, mas fez lives e mensagens curtas em suas redes sociais para se comunicar com os eleitores.”

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.