PATROCINADORES

Bolsonaro e Mourão viajaram juntos. E se o avião caísse?

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, e o vice, o general Hamilton Mourão, viajaram juntos no mesmo avião nesta terça-feira (6). O que aconteceria se a aeronave caísse e resultasse na morte dos dois? Como ambos ainda não foram diplomados, a Constituição prevê que uma nova eleição deve ser convocada dentro de 90 dias. O erro amador mostra que, agora eleitos, Bolsonaro e Mourão precisam cumprir as liturgias do cargo. Nos Estados Unidos, por exemplo, presidente e vice nunca viajam no mesmo avião.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

4 respostas

  1. É interessante esta posição de não viajar juntos, dificulta para aqueles que pretendem o mau ou mesmo chegar ao poder desta forma. Aconteceu com Eduardo, não é uma hipótese remota, todo cuidado é pouco.

  2. Isso não deve acontecer! Bolsonaro não sabe disso? A maldade está no ar! Esses comentários devem chegar até eles. Que Deus os acompanhe…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 4 =

Pergunte para a

Mônica.