PATROCINADORES

Atacar o Judiciário é atacar a democracia, diz Toffoli

Em resposta à declaração do deputado eleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que disse que poderia fechar o Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Dias Toffoli, presidente da Corte, afirmou nesta segunda-feira (22) que “atacar o Poder Judiciário é atacar a democracia”. Na mesma direção foram os ministros Celso de Mello e Alexandre de Moraes, que também se manifestaram contra as ameaças do deputado eleito, que é filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

Por que é importante

O STF é uma instituição indispensável no Estado Democrático de Direito e a declaração de Eduardo Bolsonaro é uma afronta inaceitável à independência – e convivência – entre os três poderes

Quem ganha

A democracia. A reação dos ministros do STF mostra que a instituição está atenta ao funcionamento e independência dos três poderes

Quem perde

Jair Bolsonaro. A declaração do filho será usada pelo PT como mais um sinal de que o candidato do PSL é um risco à democracia

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + quinze =

Pergunte para a

Mônica.