PATROCINADORES

As 100 mil mortes brasileiras na mídia internacional

Entre o início da tarde deste sábado (8) e a manhã de domingo (9), o Brasil alcançará 100 mil mortes decorrentes da pandemia de covid-19, ainda que o dado só deva ser confirmado oficialmente pelo governo na segunda-feira (10). Somos o segundo país com mais infectados, com 2,96 milhões de registros. Números piores, só nos Estados Unidos, com 4,9 milhões de casos e 161 mil óbitos. Tanta gente perdeu a vida desde 12 de março, quando foi registrada a primeira vítima fatal no Brasil, que optamos por mostrar como os principais veículos de comunicação e agências de notícias estrangeiros e nacionais descrevem a tragédia.

The Wall Street Journal
Brazil faces somber covid-19 milestone at 1000,000 deaths
The new coronavirus has spread beyond Brazil’s megacities, tearing through smaller towns and rural areas as the country’s president says stricter public-health rules would do too much economic harm.

Bloomberg
The coronavirus moralizing has to stop
Reckless impatience about what to do is what led to bad government policies in the first place.

BBC News
How the pandemic is sending some Brazilians ‘two steps back’

Reuters
Brazil COVID-19 deaths reach 100,000 and barrel onward
Brazil’s death toll from COVID-19 is expected to hit 100,000 on Saturday and continue to climb as most Brazilian cities reopen shops and dining even though the pandemic has yet to peak.

CNN USA
Brazil’s top court backs special protection for indigenous communities, but won’t set timeline for exit of ousiders

The Guardian – UK Edition
Brazil’s ex-health minister attacks Bolsonaro as Covid-19 deaths tops 100,000
Luiz Henrique Mandetta says president’s ‘misguided’ handling of crisis has failed to comfort families

El Clarín
Brasil superó la barrera de los 100.000 muertos por el coronavirus
Las autoridades sanitarias confirmaron la cifra, a poco de cumplirse cinco meses desde que se identificó el primer caso.

E pelo Brasil
G1
“100 mil mortes, 100 mil histórias de mães, pais, irmãos, avós e amigos”
Nunca, em tão pouco tempo, tantos de nós morreram de uma mesma causa. Perda incalculável, dor imensa. A covid é a maior tragédia do Brasil. E não devemos esquecer: poderia ter sido evitada

UOL:
100 mil vidas perdidas
Em 5 meses, esse é o total de mortos pela covid; especialistas temem efeito ‘bumerangue’ que antecipe 200 mil

Estadão
100 mil mortes; como evitar uma tragédia maior?
Seriam necessários 70 dias ininterruptos para homenagear todas as vítimas

Valor Econômico
Brasil supera 100 mil mortes por covid-19, segundo consórcio de veículos de imprensa
O total de óbitos registrados é de 100.240, com 2.988.796 de infectados pela covid-19

ElPaís – Brasil
100.000 vidas roubadas pela covid-19, um retrato da pandemia no Brasil à prova de negacionistas
Mapas e ondas de mortes pelo coronavírus pelo país exaltam desigualdades históricas. Indígenas, negros e pessoas com baixa escolaridade estão entre os mais vulneráveis

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + onze =