PATROCINADORES

Após idas e vindas, Ministério do Trabalho será extinto

Coordenador da equipe de transição e futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM) confirmou nesta segunda-feira (3) a extinção do Ministério do Trabalho. As funções da pasta serão incorporadas por três ministérios distintos: Justiça, sob os cuidados de Sérgio Moro; Economia, comandada por Paulo Guedes; e Cidadania, cujo titular será Osmar Terra. O fim da pasta é anunciado após uma série de idas e vindas por parte do presidente eleito, Jair Bolsonaro. Em um primeiro momento, o capitão reformado havia dito que o Trabalho seria incorporado por outro ministério, mas ele voltou atrás no dia 13 de novembro, ao afirmar que a pasta manteria o status. Com a declaração de Onyx, parece que a questão foi concluída definitivamente.

Por que é importante

Com o fim do Trabalho, sobram apenas dois ministérios para fechar a equipe de Bolsonaro: Meio Ambiente e Direitos Humanos

Quem ganha

As pastas de Justiça, Economia e Cidadania, que ganham novas atribuições

Quem perde

Os sindicatos, que podem perder canais de interlocução com o governo

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + sete =

Pergunte para a

Mônica.