PATROCINADORES

Ao lado de Bolsonaro, Macri chama Maduro de “ditador”

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) se encontrou nesta quarta-feira (16) com o presidente da Argentina, Mauricio Macri. Os dois presidentes manifestaram preocupação com a crise política e econômica da Venezuela. “Compartilhamos a preocupação pelos venezuelanos. Reafirmamos nossa condenação à ditadura de Nicolás Maduro. Não aceitamos esse escárnio com a democracia, e menos ainda a tentativa de vitimização de quem na verdade é o algoz”, declarou Macri. Em seu pronunciamento, Bolsonaro defendeu um Mercosul enxuto e com uma agenda que faça sentido. “O Mercosul precisa valorizar sua tradição original de redução de barreiras”, afirmou o presidente do Brasil.

Por que é importante

Essa é a primeira visita oficial de um chefe de Estado desde que Bolsonaro tomou posse em 1º de janeiro

Quem ganha

As relações entre Brasil e Argentina

Quem perde

Maduro, cada vez mais isolado pelos líderes sul-americanos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.