Document
PATROCINADORES

Evergrande dá calote de US$ 148 milhões em credora alemã

A gigante chinesa do setor imobiliário, Evergrande, não efetuou pagamentos de juros de títulos com valor total de US$ 148,13 milhões referentes aos juros de sua dívida com os credores internacionais e entrou oficialmente em default (calote) nesta quinta-feira (10).

Entre os credores está a companhia alemã Deutsche Marktscreening Agentur (DMSA), que, em um comunicado à imprensa, afirmou não ter recebido nenhum pagamento até o fim do período. No documento, a DMSA informa que prepara um processo de falência contra a Evergrande e convida os demais credores que não receberam os pagamentos devidos da incorporadora a irem contra a empresa por via judicial. O default oficialmente declarado pode gerar um efeito dominó de outros compromissos financeiros da chinesa, cujas dívidas totais superam US$ 300 bilhões.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.