Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Ascensão dos elétricos dispara cotações de seguros

Somente em abril deste ano, foram realizados 82 mil procedimentos desta categoria

Dados coletados pela plataforma de gestõ e cotação de seguros Agger apontam que, de abril de 2023 a abril deste ano, houve um aumento de mais de 700% na procura por seguros para carros elétricos no Brasil. Somente no quarto mês de 2024, foram realizadas mais de 82 mil cotações para automóveis desta categoria. De janeiro a abril deste ano, já foram cotados mais de 261 mil seguros. Os dados consolidam a previsão da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), que indicou um crescimento de 61% na venda de carros eletrificados. A entidade indica que, de janeiro a abril deste ano, foram emplacados mais de 20 mil automóveis desta categoria.

“Com a mudança de comportamento do consumidor, que está cada vez mais atento às questões sustentáveis, temos uma crescente adoção de veículos elétricos e, consequentemente, surge a necessidade de seguros específicos para esse tipo de veículo. As seguradoras estão se adaptando a esse cenário e desenvolvendo produtos que atendam às necessidades dos proprietários de veículos elétricos, como cobertura para baterias e recarga, além de considerar as características técnicas desses veículos na precificação dos seguros”, aponta Gabriel Ronacher, CEO da Agger.

Segundo a plataforma de seguros, o carro elétrico entra na vida dos brasileiros à medida que a tecnologia avança e a consciência ambiental cresce. A busca por alternativas mais sustentáveis ao transporte convencional tem impulsionado as vendas de eletrificados. E, segundo a Agger, quando o assunto é seguros, podem surgir dúvidas relacionadas à categoria.

“Os automóveis movidos à eletricidade possuem valor de compra e manutenção acima da média. Porém, eles não necessariamente terão um preço de seguro mais alto dos convencionais. Isso porque cada seguradora avalia individualmente o modelo e características para determinar o valor do seguro, seguindo o mesmo critério dos carros à combustão”, explica o CEO.

O perfil do público que está em busca do seguro para carros elétricos vem se alterando durante o ano, segundo dados da Agger, a idade no início de abril de 2023 era uma média de 50 anos. Já em abril de 2024, a média de idade chegou a 45 anos. São Paulo é o principal estado em cotações para carros elétricos.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.