PATROCINADORES

Varejo paulistano tem alta de 9% em julho

Se comparado com 2019, período pré-pandemia, setor ainda apresenta retração

A movimentação no varejo da capital paulista encerrou julho com alta 9% na comparação com o mês anterior, de acordo com o Balanço de Vendas, indicador elaborado pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal da Associação Comercial de São Paulo (IEGV/ACSP) com base na amostra da Boa Vista. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (5).

Na comparação interanual, o Balanço de Vendas registrou aumento de 45,8%, puxado pela base fraca de comparação. Em julho de 2021, o comércio ainda passava por restrições de funcionamento e de público. Considerando o mesmo mês de 2019, anterior ao período pandêmico, o índice teve retração de 4%.

O economista Marcel Solimeo, da ACSP, lembra que o aumento de julho sobre junho decorre do maior número de dias, da melhora da mobilidade, do Dia do Comerciante, da injeção de recursos via FGTS e Auxílio Brasil, apesar da inflação e das taxas de juros elevadas. “A expectativa é que, com o aumento do valor do benefício concedido pelo governo federal, haja uma melhora no movimento do varejo e os próximos meses sejam melhores”, afirmou.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.