Document
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Transações sem dinheiro em espécie crescerão 52% até 2025

Com a pandemia, cada vez mais pessoas experimentarem formas de pagamento além do dinheiro em espécie. A chegada do Pix no Brasil e a popularização dos cartões de crédito por aproximação reforçaram isso. Estudo feito pela PwC e seu braço de consultoria estratégica, a Strategy&, publicado na Valor, mostra que o número de transações sem dinheiro em espécie na América Latina aumentará em 52% até 2025 e, depois, em 48% até 2030. O ritmo de crescimento é menor do que países da Ásia-Pacífico, cujo aumento esperado de volume é de 109% até 2025 e em 76% até 2030. A China, por exemplo, já é um país cuja cultura do pagamento digital está enraizada há anos. Em seguida, estão a África (com 78% e 64%, respectivamente) e a Europa (64% e 39%). Estados Unidos e o Canadá terão o crescimento mais lento (43% e 35%).

Considerando o mundo todo, a expectativa é que os volumes globais de pagamentos feitos por meios digitais aumentem em mais de 80% até 2025, com as transações passando de cerca de um 1 trilhão para quase 1,9 trilhão por ano. Até 2030, o número de transações per capita sem dinheiro em espécie será aproximadamente o dobro ou o triplo do nível atual em todo o mundo, apontou a análise.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.