Document
PATROCINADORES

Privatização da Eletrobras deve ficar para 2020

Apesar de ser uma pauta prioritária da equipe econômica, o governo vai adiar o processo de privatização da Eletrobras para o ano que vem. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o Ministério de Minas e Energia está reavaliando o modelo de capitalização da companhia, o que impediria a venda da estatal neste ano, e a privatização ficaria par 2020. Por conta do atraso, o Tesouro Nacional vai rever o Orçamento da União deste ano, já que estava prevista a receita de R$ 12 bilhões com a eventual venda das ações da estatal.

Por que é importante

A privatização da Eletrobras, que se arrasta desde o ano passado, é fundamental para a companhia continuar sendo competitiva no mercado

Quem ganha

O atraso beneficia sindicalistas e parlamentares que tentam barrar o processo na Justiça

Quem perde

A equipe econômica, que contava com os R$ 12 bilhões para cobrir parte do rombo nas contas públicas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.