Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Prévia da FGV aponta retração de 7% da economia em abril

Prévia da FGV aponta retração de 7% da economia em abril

A prévia do Indicador de Atividade Econômica (IAE), divulgada nesta quarta-feira (3) pela Fundação Getulio Vargas (FGV), sinaliza uma contração de 7% em abril na comparação com março. O resultado evidencia o impacto negativo da pandemia do novo coronavírus na economia brasileira no primeiro mês completo das medidas de isolamento social e paralisação de diversos setores. Em relação a abril de 2019, o tombo observado foi de 10,9%. Ambas as taxas foram recorde de retração considerando a série histórica iniciada em 2000.

Por que é importante
O IAE-FGV é um indicador que antecipa a tendência da economia brasileira a partir da divulgação das principais pesquisas mensais de atividade do IBGE: produção industrial, comércio e serviços
Quem ganha
Ninguém ganha. A queda foi generalizada entre os setores
Quem perde
A economia brasileira, que deverá ter em 2020 um tombo histórico por conta da pandemia