PATROCINADORES

Número de brasileiros endividados recua em janeiro, diz CNC

Uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (6) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) mostra que o percentual de famílias com dívidas diminuiu em janeiro de 2020 para 65,3%, após ter alcançado o maior patamar da série histórica (65,6%) em dezembro de 2019. Também foram registradas quedas em relação ao total de famílias com dívidas ou contas em atraso (de 24,5% para 23,8%) – pelo terceiro mês consecutivo – e no percentual de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso e que, portanto, permaneceriam inadimplentes (de 10% para 9,6%). Entre as dívidas apontadas pelos brasileiros como as principais no início do ano estão: cartão de crédito (79,8%), carnês (15,9%) e financiamento de carro (10,9%).

Por que é importante

A avaliação da CNC é que o consumo está sendo retomado através do que se pode chamar de dívida responsável, com as famílias se organizando para pagar empréstimos e financiamentos

Quem ganha

Os brasileiros com as contas em dia, que conseguem organizar o orçamento melhor

Quem perde

Os endividados, com a renda comprometida e muitas vezes tendo que pagar juros abusivos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.