Document
PATROCINADORES

Mercado volta a reduzir projeção para a queda do PIB em 2020

Os analistas das instituições financeiras, pela segunda semana seguida, passaram a ver uma queda menor do PIB em 2020. A expectativa para a retração da economia no ano variou de 4,80% para 4,66%, segundo o boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (16) pelo Banco Central (BC). A estimativa para a inflação oficial (IPCA) subiu pela 14ª vez consecutiva, de 3,20% para 3,25%. A projeção para a cotação do dólar recuou de R$ 5,45 para R$ 5,41. Já sobre a taxa básica de juros (Selic), a aposta do mercado é pela manutenção no atual patamar, de 2% ao ano.

Por que é importante

O aumento no consumo das famílias no final do ano pode puxar uma recuperação maior da economia, mas a redução no valor do auxílio emergencial (de R$ 600 para R$ 300) e a possibilidade de uma segunda onda da pandemia contribuem para elevar as incertezas

Quem ganha

A indústria, que segue a tendência de uma retomada mais consistente. A estimativa para a produção passou de uma queda de 5,49% para um recuo de 5,34%

Quem perde

A disparada do IGP-M (de 20,47% para 21,21%) afeta inquilinos com contratos perto da renovação

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.