PATROCINADORES

Mercado volta a melhorar projeção para o PIB e vê alta maior da Selic em 2021

Pela terceira semana seguida, os analistas das instituições financeiras subiram as expectativas para o desempenho da economia em 2021. A projeção para a alta do PIB passou de 3,45% para 3,49%. A previsão para a inflação oficial (IPCA) no final do ano também subiu, de 3,43% para 3,50%. A perspectiva para a cotação do dólar permaneceu em R$ 5,00 pela quinta vez consecutiva. Já em relação à taxa básica de juros (Selic), atualmente em 2% ao ano, o mercado aposta em uma alta maior ao longo de 2021: para 3,50% contra 3,25% da avaliação anterior. As informações constam no Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (25) pelo Banco Central.

Por que é importante

A pressão inflacionária deve influenciar a subida da Selic nas próximas reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom) do BC

Quem ganha

A indústria. A projeção para o crescimento da produção melhorou, de 5% para 5,03%

Quem perde

Uma alta maior dos juros pode dificultar a tomada de empréstimos e os financiamentos imobiliários

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.