Document
PATROCINADORES

Inflação pesa e vendas no varejo caem 1,3% em setembro

As vendas no varejo tiveram queda de 1,3% em setembro na comparação com o agosto. Além disso, caíram 5,5% em relação ao mesmo período de 2020, informou a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicada nesta quinta-feira (11). Neste ano, o comércio varejista acumula crescimento de 3,8% e nos últimos 12 meses, alta de 3,9%, segundo os dados da PMC (Pesquisa Mensal do Comércio).

“Neste último, de setembro de 2021, o fator determinante é a inflação. Isso fica claro quando comparamos a queda de 1,3% no volume e a variação de – 0,2% na receita, estável. O componente que joga o volume para baixo é a inflação. As mercadorias subiram de preço”, explicou o gerente da PMC, Cristiano Santos.

Setores

  • Entre as oito atividades pesquisadas, seis tiveram taxas negativas em setembro. Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-3,6%), móveis e eletrodomésticos (-3,5%), combustíveis e lubrificantes (-2,6%). No entanto, a atividade de maior peso na formação da taxa de setembro foi a de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-1,5%);
  • Já no comércio varejista ampliado, que inclui, além do varejo, veículos e materiais de construção, o volume de vendas caiu 1,1% em setembro contra agosto. O impacto negativo foi resultado de um recuo de 1,7% na comercialização de veículos, motos, partes e peças e de 1,1% dos materiais para construção.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.