Document
PATROCINADORES

Indicador antecedente de emprego recua em abril, mostra FGV

A Fundação Getulio Vargas divulgou nesta terça-feira (7) que o Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) recuou 1 ponto em abril, para 92,5 pontos – em uma escala de zero a 200 pontos. Foi a terceira queda seguida do indicador, que retorna ao patamar observado no final do período eleitoral do ano passado. Rodolpho Tobler, economista da FGV IBRE, destacou que o resultado foi influenciado pelo “desapontamento com o ritmo da atividade econômica e o nível ainda elevado de incerteza no país.”

Por que é importante

O Indicador Antecedente de Emprego tenta antecipar os rumos do mercado de trabalho no país

Quem ganha

A defesa de uma agenda reformista, para melhorar o ambiente de negócios, atrair investimentos e estimular as contratações

Quem perde

Desempregados e pessoas que estão na informalidade

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.