Document
PATROCINADORES

FGV: “Confiança da construção mostra uma recuperação em curso”

A Fundação Getulio Vargas divulgou nesta segunda-feira (28) que o Índice de Confiança da Construção (ICST) subiu 0,4 ponto em outubro, para 87,5 pontos – em uma escala de zero a 200 pontos. O resultado acima de 100 pontos indica maior otimismo. Segundo Ana Maria Castelo, coordenadora de projetos da construção da FGV IBRE, o indicador de Situação Atual voltou a impulsionar a confiança do empresário do setor, apesar do indicador de Expectativas ter registrado queda pelo segundo mês seguido.

“Esse cenário, que aponta sinais invertidos para a percepção relativa aos negócios no momento atual e nos próximos meses, mostra que há uma recuperação em curso, mas ainda não há segurança no empresário em relação a sua continuidade”, observou.

“Vale destacar que entre os fatores assinalados como limitadores da melhoria dos negócios, a demanda insuficiente permanece como o de maior relevância para todos os segmentos setoriais. Ou seja, o cenário de baixo crescimento do investimento responde por parte importante dessa insegurança em relação à retomada”, completou a coordenadora.

Por que é importante

A construção é um dos setores que mais contribuem para a geração de empregos no país

Quem ganha

O indicador que mede a satisfação das empresas sobre a situação atual dos negócios, que subiu 1,3 ponto em outubro

Quem perde

O indicador que mede o otimismo com a situação dos negócios nos seis meses seguintes, que caiu 0,5 ponto no mês

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.