Document
PATROCINADORES

Fabio Kanczuk deixará o BC

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, anunciou que o diretor de Política Monetária, Fabio Kanczuk (imagem), deixará a instituição ao fim de seu mandato, em 31 de dezembro deste ano. Ele estava na função desde novembro de 2019. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (11).

Para o lugar de Kanczuk foi indicado por Campos Neto, Diogo Abry Guillen. Ele é economista-chefe da Itaú Asset Management e professor vinculado ao Insper. Guillen é bacharel e mestre pelo Departamento de Economia da PUC-Rio e PhD em economia por Princeton University.

Foi a terceira troca anunciada na diretoria da instituição neste ano. Antes disso, foi comunicada em março a saída de Fernanda Nechio da diretoria de Assuntos Internacionais, com o ingresso de Fernanda Guardado no cargo, e, mais recentemente, do diretor de Organização do Sistema Financeiro, João Manoel Pinho de Mello — com a indicação do economista Renato Dias de Brito Gomes.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.