PATROCINADORES

Expectativa de inflação dos consumidores recua em fevereiro

A Fundação Getulio Vargas divulgou nesta quinta-feira (21) que os consumidores esperam inflação mais baixa para os próximos 12 meses. A expectativa recuou para 4,9% em fevereiro – queda de 0,1 ponto percentual em relação a janeiro. Esse é o menor valor desde julho de 2007 (4,8%). Na comparação com fevereiro de 2018, houve queda de 0,5 ponto percentual. Para a FGV, as expectativas mais favoráveis vêm sendo influenciadas pelo maior otimismo dos consumidores com relação à situação econômica do país e a redução de incertezas. “A tendência nos próximos meses é que esse resultado se torne mais estável ou com pequenas variações, considerando o ritmo gradual de recuperação da economia”, disse Viviane Seda Bittencourt, coordenadora da sondagem.

Por que é importante

O Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores é obtido com base em informações da Sondagem do Consumidor, realizada mensalmente pela FGV com de 2,1 mil brasileiros em sete das principais capitais do país

Quem ganha

Consumidores com a faixa de renda acima de R$ 9,6 mil, com a menor projeção para inflação (4,1%)

Quem perde

Consumidores com a faixa de renda até R$ 2,1 mil, com a maior perspectiva para inflação (5,4%)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.