PATROCINADORES

Epicentro da pandemia, China cresce 2,3% em 2020

O Escritório Nacional de Estatísticas da China divulgou nesta segunda-feira (18) que a economia do país cresceu 2,3% em 2020. Foi a menor taxa anual de expansão do PIB chinês em 44 anos. Mesmo assim, o resultado superou as expectativas em um ano marcado pela pandemia do novo coronavírus. O Fundo Monetário Internacional (FMI) projetava uma alta de 1,9% em seu último relatório. A China foi o primeiro local a ser atingido pela doença. A paralisação das atividades e as medidas de isolamento social fizeram com que a economia tombasse 6,8% no primeiro trimestre. Com ações rígidas, o país logo conseguiu controlar o avanço de casos – e mortes – e acelerou a retomada, com uma expansão de 6,5% no quarto trimestre.

Por que é importante

A China deve ser um dos poucos países com avanço da economia em 2020

Quem ganha

A China. A expectativa é que o PIB volte a crescer perto de 6% a partir deste ano

Quem perde

As demais economias globais, com recessões no radar

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.