Document
PATROCINADORES

Desemprego recuou para 13,2% em agosto

A taxa de desocupação foi para 13,2% no trimestre fechado em agosto, determinou a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgada nesta quarta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado ficou no piso das estimativas na pesquisa do Projeções Broadcast, que tinha intervalo entre 13,2% e 13,7%, com mediana de 13,5%. Em igual período de 2020, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 14,4%. No trimestre móvel terminado em julho, a taxa de desocupação estava em 13,7%. 

No total, 13,7 milhões de pessoas estão desempregadas. Houve uma queda de 7,7% na comparação com o trimestre terminado em maio deste ano (março, abril e maio), o que representa menos 1,1 milhão de cidadãos sem emprego. Na comparação anual, o dado ficou estável. Além disso, 5,3 milhões são consideradas desalentadas, ou seja, brasileiros que não têm emprego e que desistiram de buscar vagas de trabalho. Isso também é uma queda na comparação com o trimestre anterior, de 6,4%, com menos 368 mil pessoas nesta situação. No ano, o recuo foi ainda maior, de 8,7%, com menos 508 mil pessoas. 

Taxa de desocupação – Brasil – 2012/2021

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.