PATROCINADORES

Consumidores otimistas com mercado de trabalho

Evolução do emprego no primeiro semestre foi positiva e deixou consumidor mais confiante com mercado de trabalho

A melhora no mercado de trabalho, que vinha sendo observada com a queda na taxa de desemprego e a criação de vagas ao longo do primeiro semestre, teve efeito positivo sobre as expectativas dos consumidores. Segundo dados da Confederação Nacional do Comércio(CNC), pela primeira vez desde abril de 2020 a maioria dos consumidores está otimista com o mercado de trabalho.

Parte disso está relacionado ao aumento da renda, em particular entre as famílias que recebem até 10 salários mínimos. Neste grupo, a renda aumentou 2,6% em julho em relação ao mês anterior. Nas famílias com renda superior a 10 salários mínimos, a alta foi menos intensa, de 2,0%.

“O movimento é coerente com as medidas de auxílio à renda, assim como teve a influência dos aumentos sucessivos no rendimento médio real das famílias”, afirmou a CNC. Os jovens, principalmente, se mostraram mais satisfeitos com o nível de renda atual. Isso porque foi esta faixa da população que ocupou a maioria das vagas de emprego nos últimos meses.

A CNC, porém, ressaltou que o otimismo sobre a renda e a evolução do emprego foi contrabalançada pelo cenário de preços e juros altos. Com isso, o índice que mede a intenção de consumo das famílias subiu em julho, mas num ritmo menos intenso que em meses anteriores. O índice que mede a perspectiva de consumo nos próximos meses também teve desaceleração, subindo apenas 0,2% em relação a junho.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.