Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Confiança empresarial cresce em novembro, aponta FGV

Confiança empresarial cresce em novembro, aponta FGV

Depois de ficar estável em outubro, o Índice de Confiança Empresarial (ICE) subiu 1 ponto em novembro, para 95,4 pontos – em uma escala de zero a 200 pontos. O resultado acima de 100 pontos indica maior otimismo. A alta foi puxada pela evolução das expectativas, apesar de uma certa insatisfação com a situação corrente dos negócios. O Índice de Expectativas (IE-E) subiu 0,6 ponto, para 99,9 pontos. Já o índice que mede a percepção corrente dos empresários (ISA-E) caiu 0,2 ponto, para 92,2 pontos, após cinco meses de tendência favorável. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (2) pela Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE).


Por que é importante
O Índice de Confiança Empresarial (ICE) consolida os índices de confiança dos quatro setores: indústria, serviços, comércio e construção
Quem ganha
A confiança da indústria, que teve a maior alta em novembro (1,7 ponto)
Quem perde
A confiança do comércio, único setor com recuo no mês (-0,6 ponto)