PATROCINADORES

Confiança da construção permanece estável em janeiro

A Fundação Getulio Vargas divulgou nesta segunda-feira (28) que o Índice de Confiança da Construção (ICST) ficou estável em janeiro, permanecendo em 85,4 pontos. Com o resultado, o indicador segue no maior nível desde dezembro de 2014 (88,8). Em médias móveis trimestrais, o índice avançou 1,2 ponto – a quinta alta consecutiva. “As expectativas empresariais retornaram ao patamar de janeiro do ano passado, indicando uma posição cautelosa dos empresários em relação à evolução da demanda nos próximos meses. No entanto, a carteira de contratos das empresas melhorou bastante ao longo de 2018 e começa o ano em alta, o que explica a percepção mais favorável referente ao ambiente corrente de negócios. Enfim, a sondagem de janeiro traz indicadores que devem se traduzir em números positivos para o setor ao longo de 2019”, observou Ana Maria Castelo, coordenadora de projetos da construção da FGV IBRE.

Por que é importante

A sondagem mostra que, apesar da cautela, existe uma grande expectativa em relação à retomada do mercado imobiliário em 2019

Quem ganha

A situação atual da carteira de contratos, que subiu 1,3 ponto, para 73,4 pontos, o maior nível desde junho de 2015 (73,9)

Quem perde

A demanda prevista para próximos três meses, que caiu 3,8 pontos, atingindo 93,4 pontos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.