PATROCINADORES

CCJ adia votação da reforma da Previdência

Diante de muita confusão causada pela oposição, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, Felipe Francischini (PSL-PR), decidiu suspender a reunião desta quarta-feira (17) e retomar a análise da proposta de reforma da Previdência na próxima terça-feira (23). A expectativa era que o parecer pela admissibilidade do projeto fosse votado hoje.

Por que é importante

Apesar do adiamento, o governo segue otimista que a reforma da Previdência será aprovada na Câmara antes do recesso parlamentar, marcado para 17 de julho

Quem ganha

A oposição, que conseguiu obstruir a discussão

Quem perde

A base aliada, que precisa mostrar melhor articulação

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários