Document
PATROCINADORES

Bolsonaro pede que Previdência não seja “desidratada” pelo Congresso

Em uma transmissão ao vivo no Facebook na quinta-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro falou da necessidade de aprovar a reforma da Previdência e defendeu que a proposta encaminhada pelo governo “não seja muito desidratada” pelo Congresso. “Nós precisamos fazer uma reforma da Previdência. Afinal de contas, ela está mais do que deficitária. Nós pretendemos aprovar a reforma que está lá. Se bem que o Parlamento é soberano para fazer qualquer possível alteração. Só esperamos que ela não seja muito desidratada, para que atinja seu objetivo e sobre recursos para investirmos em emprego, saúde, segurança e educação”, disse Bolsonaro.

Por que é importante

A equipe econômica calcula que a proposta elaborada pelo governo deve gerar uma economia de R$ 1,1 trilhão em dez anos

Quem ganha

Os rumos da economia brasileira, caso uma reforma ampla seja aprovada

Quem perde

Os investimentos no país, se a proposta for enfraquecida pelo Congresso

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.