Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Bolsonaro diz que governo não vai interferir no preço da carne

Bolsonaro diz que governo não vai interferir no preço da carne

A apoiadores que o esperavam na porta do Palácio do Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro disse no sábado (30) que não pretende interferir no preço do carne. O produto no mercado atacadista teve uma valorização significativa nos últimos dias puxado pela alta do dólar, que favorece as exportações. “A questão do preço da carne: é a lei da oferta e da procura. Estava há poucos meses abatendo matrizes e a tendência era o exemplo semelhante, por falta de carne aqui, por falta de produção, o preço aumentar. Não posso tabelar, inventar. Isso não vai dar certo”, afirmou. Bolsonaro acrescentou que a expectativa é que o preço volte a cair em breve com a normalização do cenário econômico. “Tivemos uma pequena crise agora no preço da carne, mas vai melhorar. A carne aqui, internamente, daqui a algum tempo, acho que vai diminuir o preço”, completou.

Por que é importante
Um possível tabelamento ou congelamento do preço da carne poderia passar uma mensagem negativa aos investidores, que defendem menor interferência do Estado na economia
Quem ganha
As empresas exportadoras, que aproveitam o momento para faturar mais
Quem perde
O consumidor, que está pagando mais caro pelo produto