Document
PATROCINADORES

Barômetros Globais recuam e sinalizam moderação do crescimento

Os Barômetros Econômicos Globais divulgados nesta quarta-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (IBRE-FGV) recuaram novamente em novembro, seguindo a tendência de enfraquecimento iniciada no terceiro trimestre.

  • Coincidente: caiu 2,1 pontos em novembro, para 106,6 pontos;
  • Antecedente: recuou 2,8 pontos, para 96,6 pontos, menor nível desde julho de 2020, de 82,4 pontos;
  • Todas as regiões pesquisadas evoluem negativamente no mês, à exceção da Europa, que contribuiu positivamente para o resultado do Barômetro Antecedente.

O pesquisador do IBRE-FGV Paulo Picchetti, disse que o fim da maioria das restrições à mobilidade ao longo de todas as regiões têm gerado um crescimento significativo de demanda por bens e serviços, em ritmo superior à sua oferta. “Os resultados dessa combinação são aumentos de preços generalizados, e um crescimento da percepção que os problemas do complexo sistema das cadeias de ofertas de insumos globalizadas não serão resolvidos no curto prazo. O recuo do Antecedente em novembro demonstra o desafio criado por esse contexto para um ritmo mais robusto de retomada da atividade econômica em todos os setores”, disse.

(com Agência Brasil)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.