Document
PATROCINADORES
PATROCINADORES

B3 lança derivativo lastreado em soja brasileira

A partir desta segunda-feira (29) está à disposição do agronegócio brasileiro o Futuro de Soja Brasil, um contrato derivativo que tem como referência o preço de exportação da semente oleaginosa no Porto de Santos e liquidação financeira calculada em dólar por tonelada, de acordo com o índice S&P Global Platts. O investidor que operar o produto terá mais transparência na negociação e precificação, além de um preço aderente à realidade brasileira.

De acordo com comunicado da B3, a bolsa de valores de São Paulo, o Futuro de Soja Brasil foi desenvolvido em parceria com a Bolsa de Chicago (CME Group) e tem foco em um mecanismo de proteção mais seguro, baseado no preço da soja brasileira negociado em duas plataformas de mercado líderes mundiais. Além do contrato futuro, também estão sendo listadas novas opções de compra e de venda.

De acordo com o superintendente de Commodities da B3, Louis Gourbin, o agronegócio brasileiro é uma referência mundial, o que gera a necessidade de os produtos refletirem essa condição. “O novo derivativo chega para atender essa necessidade e ser uma ferramenta de gestão de risco de preço Brasil. Além disso, é de fácil acesso para os participantes nacionais. Só é preciso ter uma conta em uma corretora para negociar o novo contrato na B3”, explicou. O Brasil é o segundo maior produtor mundial e o maior exportador de soja, com 134 milhões de toneladas colhidas em 2021.

(com Agência Brasil)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.