PATROCINADORES

Atividade econômica cresceu 1,1% em novembro, sinaliza Monitor do PIB

O Monitor do PIB, divulgado nesta quinta-feira (21) pela Fundação Getulio Vargas (FGV), apontou um avanço de 1,1% da atividade econômica em novembro em relação a outubro de 2020. Houve uma alta de 4,4% no trimestre móvel findo em novembro frente o trimestre encerrado em agosto. Na comparação interanual, a economia contraiu 0,6% em novembro ante o mesmo mês de 2019 e 1,7% contra igual trimestre do ano anterior. Segundo Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV, o crescimento na passagem de outubro para novembro foi puxado pelas três grandes atividades econômicas (agropecuária, indústria e serviços). Enquanto isso, o consumo das famílias recuou, ainda impactado pelo isolamento social. “Embora esteja em patamar muito abaixo do nível pré-pandemia, a economia dá sinais de retomada, mesmo que lenta, no que parece ser a volta a seu antigo normal de crescimento fraco e instável”, observou.

Por que é importante

O Monitor do PIB da FGV serve como uma prévia do resultado oficial divulgado a cada trimestre pelo IBGE

Quem ganha

Principalmente a agricultura e a indústria, com melhores desempenhos e recuperações diante da crise

Quem perde

A retomada lenta é um empecilho para o aquecimento do mercado de trabalho

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.