Document
PATROCINADORES

“Abertura da economia brasileira será gradual”, diz Guedes

Em uma fala para tranquilizar o empresariado, o ministro Paulo Guedes (Economia) afirmou na quarta-feira (20), em evento em Brasília (DF), que o processo de abertura da economia brasileira é irreversível, mas que, com as reformas, o governo pretende melhorar o ambiente de negócios no país para estimular a competição e não prejudicar a produção nacional.

“A indústria brasileira sofreu golpes durante duas, três, quatro décadas, e foi perdendo competitividade. Eu estava inclusive falando com os parlamentares e também aos industriais que não se assustem com esses acordos comerciais que estamos conduzindo, que isso é um processo gradual, um processo de abertura gradual”, disse.

“Não vamos soltar a indústria estrangeira em cima da indústria nacional antes de nós simplificarmos impostos. Reduzimos os juros, tudo isso estamos fazendo. É uma abertura gradual. É irreversível, mas vai ser gradual e vai ser feita em cima de energia barata, de custos de logísticas mais baratos”, completou.

Por que é importante

Ao defender as reformas, Guedes tem destacado que o governo trabalha para reduzir impostos e os custos de logística para reindustrializar o país

Quem ganha

A economia brasileira. Alguns especialistas já projetam um crescimento do PIB de 2,5% no ano que vem

Quem perde

Os que apostavam no fracasso da agenda de Guedes

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.