PATROCINADORES

Ibovespa sobe com trégua entre Estados Unidos e China

O Ibovespa recuperou nesta terça-feira (6) parte da perda registrada na segunda-feira (5). Depois de cair 2,51%, o índice fechou o dia em alta de 2,06%, aos 102.163 pontos. O desempenho foi influenciado pela trégua na disputa comercial entre Estados Unidos e China. Do lado americano, o presidente Donald Trump disse que pretende manter abertas as negociações com os chineses. Já Pequim, para alívio do mercado, limitou a desvalorização de sua moeda, o yuan. As cinco ações mais negociadas do dia tiveram alta: preferenciais da Petrobras (1,29%), Vale (1,35%), Bradesco (1,52%), IRB Brasil (5,86%) e Magazine Luiza (6,09%). O dólar fechou praticamente estável (queda de 0,03%), cotado a R$ 3,95.

Por que é importante

A disputa comercial entre EUA e China aumenta o temor de desaceleração do crescimento da economia global

Quem ganha

As ações da Marfrig registraram a maior alta do dia (7,41%), cotadas a R$ 7,39

Quem perde

As ações da Klabin registraram a maior baixa do dia (-1,35%), cotadas a 15,34

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.