PATROCINADORES

Governo elimina 27,5 mil cargos efetivos

Um Decreto publicado no Diário Oficial da União extinguiu 27,5 mil cargos efetivos do quadro de pessoal do governo. Entre eles, constam profissionais como discotecários, técnicos de móveis e esquadrias, locutores e seringueiros. Segundo o Ministério da Economia, foram analisados 500 mil cargos para a identificação daqueles que “não são mais condizentes com a realidade da atual força de trabalho federal.” Em nota, Wagner Lenhart, secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal, informou  que o “objetivo é evitar contratações desnecessárias e o desperdício de recursos, pois estes são cargos obsoletos e em funções que não devem mais ser repostas”, disse.

Por que é importante

De acordo com a Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal, do total de cargos que serão extintos, 14.227 já estão desocupados e serão suprimidos imediatamente. Ainda existem 13.384 cargos ocupados. Neste caso, a extinção ocorrerá quando essas pessoas se aposentarem

Quem ganha

Os cofres públicos

Quem perde

A gestão ineficiente da máquina pública

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários